A Assembleia Legislativa da Paraíba revogou por unanimidade o criticado projeto de lei que cria a guarda pessoal para ex-governadores. O próprio autor do texto, o deputado Hervázio Bezerra (PSB), líder do governo na ALPB, propôs a revogação admitindo o erro ao apresentar o projeto de lei.

Mera formalidade do experiente deputado.

A revogação acontece menos de um mês depois do governador Ricardo Coutinho (PSB) sancionar a lei em meio ao mistério da desincompatibilização. Ricardo permanece a frente do governo.

Depois de jogar, o governo recuou.

Comentários: