O francês de 19 anos fez história na Copa do Mundo. O jogador do PSG destroçou a Argentina nas oitavas de final e anotou um dos gols da vitória da França sobre a Croácia (4 a 2) na final do Mundial – se tornando o mais jovem atleta a marcar em uma final de Copa desde Pelé, em 1958.

A pouca idade não foi problema para Mbappé, que deu aula de maturidade e coletividade na Rússia.

Voltará a Paris como ídolo do seu país e certamente com a chancela de melhor jogador do torneio.

O que sobrou para o francês, faltou para o brasileiro e companheiro de clube Neymar (26).

Comentários: