“Nós ainda temos que conviver com declarações débeis feitas de forma irresponsável por um membro do parlamento brasileiro. É algo inacreditável que no Brasil, em pleno século XXI, tenhamos que ouvir tantas asneiras de quem representa o povo. O preço da democracia e das instituições funcionando é a eterna vigilância. Nada justifica a defesa de fechamento de instituições republicanas com legitimidade institucional. Nem a ignorância justifica esse tipo de declaração”, disse o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, sem citar o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) nominalmente.

>> Atacar o Judiciário é atacar a democracia, diz presidente do STF

Comentários: