Natural de Campina Grande e criado em Cabaceiras, no Cariri paraibano, o goleiro Santos fez história na noite de ontem (12) com a camisa do Atlético Paranaense, campeão da Copa Sul-americana sobre o Júnior Barranquilla, da Colômbia.

Foi o primeiro título internacional do Atlético, coroando a ótima temporada do paraibano, que completou em 2018 dez anos no Furacão.

No Campeonato Brasileiro, Santos terminou sendo o segundo goleiro com mais defesas difíceis (55) e eleito o melhor da posição pelo site de estatísticas Footstats.

Comentários: