Do Tribunal de Justiça da Paraíba:

Uma mulher foi condenada pela 1ª Vara Criminal de Campina Grande a dois anos de reclusão pelo crime de denunciação caluniosa contra o ex-companheiro.

Motivada pela raiva, Janaína da Conceição registrou Boletim de Ocorrência acusando seu ex-companheiro, Elenilson Tavares Silva, de lesão corporal e ameaça, quando sabia que ele era inocente.

Esse fato deu causa a instauração de inquérito policial e, por conseguinte, a instauração de processo criminal, que acabou por inocentá-lo.

Uma lição aos lacradores de plantão do caso Neymar.

Comentários: