FPF exige dos clubes nota de solidariedade

A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, exigiu dos clubes nota de solidariedade a sua gestão depois de mais uma denúncia de manipulação de resultado estourar no Campeonato Paraibano.

Entenda > Ouça – Dirigente denuncia convite para manipular resultado e insinua ameaça de morte na Paraíba

Os três principais clubes do estado – Botafogo-PB, Campinense e Treze – e times amadores divulgaram em suas redes sociais notas de apoio a a Ramalho.

Há dois anos o futebol paraibano acumula escândalos que envolvem a compra de resultados, através de pagamento de propina a árbitros, e fraudes na última eleição. Michelle Ramalho substitui desde 2018 o banido Amadeu Rodrigues.

Comentários: