O veto do presidente Jair Bolsonaro à compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa contra Covid-19 anunciada ontem pelo Ministério da Saúde deixou o governador João Azevêdo (Cidadania) perplexo.

Ao blog, o gestor reagiu:

– Que país é este?

Nessa terça (20), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, reuniu governadores e firmou acordo para compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, a vacina contra Covid-19 do Instituto Butantan produzida em parceria com a chinesa Sinovac.

Entretanto, Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta que a vacina contra o novo coronavírus produzida na China “não será comprada” pelo governo brasileiro.

A mensagem foi publicada no Facebook, em resposta a um comentário crítico ao anúncio do Ministério da Saúde de que tem a intenção de adquirir 46 milhões de doses da Coronavac.

Comentários: