Líderes dos caminhoneiros da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte irão se reunir nesta quinta-feira (28/01) para discutir uma eventual paralisação da categoria na próxima segunda-feira (01/02).

Conforme apurou o blog, cada estado tem sua pauta, mas a motivação principal é o aumento do combustível no país. Se decidirem por uma greve, os caminhoneiros fecharão o terminal de armazenamento de cargas em Cabedelo.

Nessa quarta (27/01), o presidente Jair Bolsonaro fez um apelo para que a classe não faça greve na próxima semana ao reconhecer que a solução para as reivindicações não está fácil.

Vale salientar, no entanto, que ainda não há movimentações para uma possível paralisação com as mesmas dimensões da greve de 2018.

Comentários: