Por ampla maioria de votos, o diretório regional do PT decidiu neste sábado (6), em reunião por videoconferência, permanecer na base do governo João Azevêdo (Cidadania). Foi o primeiro encontro do partido após o resultado das eleições municipais marcada pela polêmica candidatura de Anísio Maia.

Foram 33 votos favoráveis e dois contra.

Os deputados Anísio Maia e Frei Anastácio e o presidente estadual do partido, Jackson Macedo, votaram pela manutenção da aliança. Já o ex-deputado Luiz Couto, que deixou o governo em outubro para apoiar a candidatura derrotada de Ricardo Coutinho (PSB), não participou da reunião.

Comentários: