Apesar das restrições, as festas clandestinas tomaram conta da Paraíba no feriadão de Carnaval. A exemplo do Conde, no Litoral Sul, o Litoral Norte está lotado. Em Lucena, cenas de pessoas sem máscaras e aglomeradas em embarcações viralizaram neste sábado (13), dia em que a Paraíba registrou a perda de mais um médico, o 32º, para o coronavirus. É a tripudiação sobre a morte.

Comentários: