O governador João Azevêdo (Cidadania) cobrou nesta quinta-feira (18) do presidente da República Jair Bolsonaro a compra urgente de sedativos do chamado “kit intubação”, usado no tratamento de pacientes com Covid-19 nas UTIs. A cobrança também foi feita por outros doze governadores. A exemplo de outras federações, o estoque de medicamentos na Paraíba está em situação crítica.

Ao blog, a secretária executiva de Saúde do Estado, Renata Nóbrega, informou que a tendência é que haja uma redução significativa de medicamentos nesta semana com a lotação nos hospitais. Também ao blog, o secretário de Saúde do município de João Pessoa, Fábio Rocha, afirmou que o estoque na capital pode suprir a demanda por mais 21 dias, mas não garante que, com o aumento de casos de Covid-19, seja possível manter.

Lista de medicamentos cobrada pelos governadores ao governo Bolsonaro

Com o pior momento da pandemia da Covid-19, os hospitais na Paraíba estão lotados. No Sertão, a ocupação é de 98%, enquanto em João Pessoa é de 92%, segundo dados de ontem da Secretaria Estadual de Saúde.

Comentários: