O Hospital Unimed João Pessoa admitiu neste sábado (20) que já monitora a crise do desabastecimento de medicamentos para intubação de pacientes com Covid-19.

Em nota enviada ao blog, a direção esclareceu que, “a necessidade está sendo suprida. Mas, diante do agravamento da pandemia e consequente crescimento da demanda em todo o mundo, alguns fornecedores já apresentam dificuldades para entrega”.

Neste sábado (20), a Associação Nacional de Hospitais Privados revelou que as requisições do Ministério da Saúde para a aquisição dos medicamentos usados no chamado kit intubação ameaçam o estoque das redes particulares. Em algumas redes os insumos usados para intubar pacientes com Covid podem acabar em até 48 horas.

Leia, abaixo, a nota completa da Unimed João Pessoa. 

Informação sobre abastecimento de medicamentos e insumos nos hospitais da Unimed João Pessoa

​Em resposta à solicitação da informação sobre o abastecimento de medicamentos e insumos no Hospital Alberto Urquiza Wanderley e no Hospital Pediátrico, a Unimed João Pessoa esclarece que a necessidade está sendo suprida.

​Mas, diante do agravamento da pandemia e consequente crescimento da demanda em todo o mundo, alguns fornecedores já apresentam dificuldades para entrega.

No entanto, como tem feito desde o início da pandemia, no ano passado, a Unimed João Pessoa está atuando preventivamente para garantir a assistência aos seus beneficiários.

Por fim, a Unimed João Pessoa reforça a importância do papel da população para conter o avanço do coronavírus. É preciso seguir, rigorosamente, as medidas sanitárias recomendadas, como uso de máscaras, higienização da mãos e distanciamento social.

Comentários: