Com o agravamento da pandemia da Covid-19, o uso de cloroquina ivermectina [o kit covid] no tratamento da doença foi abominado pelo Comitê Extraordinário de Monitoramento da Covi-19, organizado pela Associação Médica Brasileira (AMB). Em nota divulgada hoje, o grupo afirmou que estas drogas “não possuem eficácia científica comprovada de benefício no tratamento ou prevenção da COVID-19, quer seja na prevenção, na fase inicial ou nas fases avançadas dessa doença, sendo que, portanto, a utilização desses fármacos deve ser banida”. Médicos intensivistas de hospitais de referência relataram que é mais difícil tratar de doentes de Covid-19 que usaram remédios como cloroquina e ivermectina. Arritmia, delírios e lesão hepática estão entre os problemas. Na Paraíba, os dois medicamentos ganharam grande defesa do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do radialista e ex-candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira, e dos deputados estaduais Walber Virgolino e Gilberto Silva

 

Comentários: