Longe do seu cercadinho, Jair Bolsonaro passou dificuldades ao tentar pegar um voo comercial nesta sexta (11). O presidente foi hostilizado em um avião da Azul Linhas Aéreas, em Vitória (ES). Os passageiros fizeram gestos obscenos e gritaram “fora, Bolsonaro” e “genocida” ao presidente da República. 

Leia também: O salto da Paraíba sobre a onda

Ao entrar no avião, Bolsonaro fez fotos com os tripulantes. “Vocês estão bem hoje, hein? Quem fala ‘fora, Bolsonaro’ devia estar viajando de jegue, não de avião. É o ou não é? Para ser solidário ao candidato deles”, afirmou o presidente, após retirar a máscara que utilizou no restante do tempo dentro da aeronave.

Veja ainda: XP-Ipespe: Lula abre 9 pontos sobre Bolsonaro

Comentários: