Uma decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública determinou que a Prefeitura de Campina Grande confeccione um estudo para o aumento da tarifa de ônibus no município, o que tem sido negado pelo prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) desde janeiro. A decisão destaca uma cláusula entre os Consórcios Santa Maria e Santa Verônica e a Prefeitura que estabelece um reajuste anual. “[o estudo] será submetido ao Conselho Municipal, podendo esse acatar ou não as conclusões da planilha, verificar, inclusive, a viabilidade do reajuste”, diz o juiz. A tarifa de ônibus em Campina Grande custa R$ 3,90.

Leia também:

Saúde tenta conter lista de convidados para live de Juliette e Safadão em CG

Comentários: