Com recusas de vacinas, boicote às medidas de isolamento, quatro ministros da Saúde, e sem política de testagem, o Brasil acaba de atingir a marca de 500 mil mortes por Covid-19.

Às 14h15 deste sábado (19), o país contou 1.401 mortes e 20.483 novos casos da doença, elevando o total de óbitos para 500.022, e o de casos, para 17.822.659.

O Brasil é o segundo país a ultrapassar os 500 mil mortos. Antes, os Estados Unidos superaram essa cifra e, no dia 15 de junho, passaram de 600 mil óbitos.

A diferença é que, por lá, mais de 148 milhões de norte-americanos (45% da população) estão imunizados; por aqui, são cerca de 24 milhões de brasileiros (11% da população).

Não era uma gripezinha, Bolsonaro.

Comentários: