O paraibano Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, se irritou, nesta quarta-feira (23), com jornalistas quando foi perguntado sobre a vacina indiana Covaxin e abandonou uma entrevista. Veja o vídeo abaixo.

Leia também » “Se eu responder para você, cai a República”

Documentos do Ministério das Relações Exteriores mostram que o governo comprou a vacina indiana Covaxin por um preço 1.000% maior do que seis meses antes era anunciado pela própria fabricante.

O Ministério Público Federal identificou indícios de crime na compra feita pelo Ministério da Saúde de 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin e pediu que o caso seja investigado na esfera criminal.

Veja ainda » Bolsonaro pagou 1000% a mais do que o estimado por fabricante de vacina

De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU), a Covaxin foi a vacina mais cara negociada pelo governo federal até agora: R$ 80,70 a unidade, valor quatro vezes maior que a vacina da Fiocruz, a AstraZeneca.

Comentários: