O novo crime de Jair Bolsonaro é tirar ou mandar crianças tirarem máscaras. Só nesta quinta (24), no Rio Grande do Norte, Bolsonaro acenou para uma criança tirar a máscara, que acabou inocentemente atendendo, e o próprio tirou a proteção de outro menor ao colocá-lo nos braços em meio a uma aglomeração.

Até meados de maio, 948 crianças de 0 a 9 anos morreram de covid no Brasil, segundo dados do Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (Sivep-Gripe) compilados pelo Estadão. Nesse perfil de vítimas, o Brasil fica atrás apenas do Peru. A cada 1 milhão de crianças, 32 perderam a vida para a doença.

Leia também: Trabalhadores de barragem posam com Bolsonaro fazendo ‘L’ de Lula

Comentários: