O avanço da vacinação no Nordeste está incomodando o Palácio do Planalto.

A leitura de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro, segundo a Folha de S. Paulo, é que os governadores – todos de oposição – têm conseguido capitalizar politicamente com o avanço da imunização.

Diante desse cenário, assessores presidenciais defendem que o Planalto reforce a mensagem de que a todas as vacinas contra a Covid foram compradas pelo governo federal.

Na última semana, o governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) entregou o selo ‘Cidade Vacinada’ ao município de Marcação, no Litoral Norte, por atingir a meta de imunizar mais de 95% da população acima de 18 anos com as primeiras doses.

No Maranhão, o governador Flávio Dino (PSB) celebrou a mesma marca no município de Alcântara. “Esperança vencendo as trevas e a tristeza”, escreveu nas redes sociais.

Leia também

» João Pessoa vacina 218% a mais que Recife

» Covaxin: linha de frente do Centro, Hugo Motta expõe turbulência na base de Bolsonaro

» Queiroga evita falar sobre diretor que teria pressionado servidor da Saúde

 (crédito: Redes Sociais )

Comentários: