Lambe botas de Jair Bolsonaro, o apresentador Sikêra Jr, ex-TV Arapuan e hoje na RedeTV! do Amazonas, perdeu três patrocinadores após chamar os homossexuais de “raça desgraçada”.

+ MPF-PB pede indenização de R$ 2,2 milhões a Sikêra Júnior

Uma das empresas que abandonou o barco foi a construtora MRV, que pertence a Rubens Menin, dono da CNN Brasil.

“A MRV acredita na diversidade e não compactua com qualquer forma de preconceito. O programa já não faz mais parte dos nossos planos de mídia”, disse a empresa em nota.

+ 3ª via? Em jantar com Aguinaldo e outros políticos, Datena decide se filiar ao PSL

A Tim, empresa de telefonia móvel, e HapVida, empresa de plano de saúde que atua no Norte e Nordeste do país, também deixaram de anunciar o programa.

Sikêra também foi denunciado mais uma vez pelo Ministério Público Federal, agora pelo MPF do Rio Grande do Sul, por conta de comentários de cunho LGBTQfóbico.

 

Comentários: