Partidos políticos, parlamentares de esquerda e direita, movimentos sociais e entidades da sociedade civil protocolaram nesta quarta-feira (30/6) na Câmara o chamado “superpedido” de impeachment de Jair Bolsonaro.

O ato inicia a programação de manifestações contra o presidente da República em meio aos escândalos de corrupção na pandemia.

Saiba também » Veneziano reage a ‘destempero’ de Bolsonaro contra senadores: “Um presidente acuado”

Comentários: