política

“Sem estridências, Pacheco se fez entendido”, diz Veneziano

Por Maurílio Júnior
Rodrigo Pacheco e Veneziano Vital — Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Para o senador paraibano Veneziano Vital do Rêgo (MDB), vice-presidente do Senado, o discurso de Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente da Casa, “marca território do Congresso” depois das ameaças de Jair Bolsonaro contra a realização das próximas eleições e das Forças Armadas contra senadores da CPI da Covid-19.

+ Presidente do Congresso, Pacheco reage a ameaça de Bolsonaro: “Inimigo da nação”

“O presidente Rodrigo Pacheco tem um perfil próprio e talhado de conduzir de forma equilibrada o parlamento. Quem o conhece sabe da forma que ele posta, ele não precisaria fazer um tom diferente, porque não é dele, para se posicionar de forma firma, altiva, em nome do parlamento e da democracia”, disse Veneziano ao blog.

“Mais uma vez o presidente da República de forma desprovida comprometimentos com a democracia reage contra o presidente do TSE, reage escancarada de forma debochada e agressiva contra a CPI e como se não bastasse volta a ser mira com insinuações em relação ao pleito, o presidente do Senado tem a postura institucional que deveria ter. Sem estridências, mas totalmente ouvido e entendido”, concluiu.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!