Depois da energia, gasolina, diesel, arroz, carne, frango, gás de cozinha, o preço do bife do olhão também vai subir. Nesta terça (13/07), a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) informou que o ovo ficará até 50% mais caro ainda em 2021. A alta é consequência do aumento dos preços do farelo de soja e milho, principais componentes da nutrição de suínos e frangos. Mas não criemos instabilidade política para o presidente.

» Uma semana sem vacina em JP

Comentários: