É cada vez maior a saia justa do prefeito e ex-prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima e Romero Rodrigues, no PSD.

Enquanto Cunha Lima declara apoio a reeleição de Jair Bolsonaro, o presidente nacional do seu partido, Gilberto Kassab, cravou nesta terça (13/07), que o psicopata não irá para o segundo turno.

» Bolsonaro nomeia aliado de Aguinaldo Ribeiro para ANS 

“Fazendo uma análise das últimas pesquisas, todas ela mostram um queda crescente na avaliação do governo. Isso dá um caldo suficiente pra nós afirmamos que é muito grande a chance de não ir [Bolsonaro] para o segundo turno”, disse ao UOL News.

O PSD irá filiar nos próximos dias o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para uma eventual disputa à Presidência da República em 2022.

 

Comentários: