Oito paraibanos votaram a favor da “Lei do Mandante” aprovada nesta quarta-feira (14) pela Câmara dos Deputados por 432 votos.

O projeto, que agora segue para análise no Senado, dá ao time mandante o direito de negociar isoladamente a transmissão das partidas.

Votaram: Aguinaldo Ribeiro (PP), Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia (PSB), Hugo Motta (Republicanos), Julian Lemos (PSL), Leonardo Gadelha (PSC), Rafafá (PSDB) e Wilson Santiago (PTB).

A proposta ameaça os times pequenos, a exemplo dos paraibanos Botafogo-PB, Treze, Campinense e Sousa, que poderão receber a cota televisiva das competições nacionais apenas em jogos atrativos, ou seja, com times grandes.

O PSOL apresentou um pedido para retirar o Projeto de Lei da pauta, mas foi negado.

A “Lei do Mandante” nasceu ano passado através de uma dobradinha do Flamengo com o presidente Jair Bolsonaro numa ofensiva contra a TV Globo

Comentários: