A frente bolsonarista ainda não engoliu o movimento do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), de se descolar de Jair Bolsonaro. Na semana passada, como todo mundo sabe, Rodrigues abriu as portas para dialogar com a esquerda e não cravou apoio ao psicopata de Brasília. Nesta quarta (21/7), dois dias após o jornal “O Globo” revelar uma articulação do Planalto para lançar o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao Governo da Paraíba em 2022, o presidente do PTB no estado, Nilvan Ferreira, fez uma live com o chefe da Saúde do governo Bolsonaro. Nilvan – que disputará uma vaga na Câmara Federal em 2022 – e Queiroga trocaram elogios, bajularam o desgoverno de Bolsonaro e criticaram o governo estadual. A frente bolsonarista não quer ficar refém da “política tradicional”.

Comentários: