Uma enfermeira morreu de Covid-19 na Paraíba após ter se recusado a tomar a vacina.

O fato foi revelado pelo governador João Azevêdo (Cidadania) em entrevista à TV Arapuan nesta segunda (02).

“Isso é muito triste, principalmente por ser alguém da saúde que deveria dar o exemplo. Ela estaria na linha de frente e infelizmente contraiu o vírus e veio a óbito”, lamentou.

Recentemente, mais de 400 policiais militares da Paraíba se recusaram a tomar a vacina contra a doença.

O negacionismo liderado por Jair Bolsonaro não perdoa.

>> João Azevêdo: voto impresso interessa ao coronelismo; vídeo

>> Variante Delta: João Azevêdo diz que não é hora de liberar torcida nos estádios

 

Comentários: