Romero Rodrigues e Bruno Cunha Lima receberam Jair Bolsonaro sem o uso da máscara, em subserviência ao chefe do Planalto

Apoiadores de Bolsonaro na Paraíba estão até agora questionando o motivo de Romero Rodrigues (PSD) não ter comparecido aos atos golpistas de 7 de setembro.

Pré-candidato a governador em 2022, o ex-prefeito de Campina Grande é a grande aposta dos radicais para disputa contra João Azevêdo (Cidadania).

Agenda em Pernambuco 

Na última terça (7/9), Romero esteve em Petrolina, no interior de Pernambuco. O ex-prefeito não fez nenhum comentário a respeito das manifestações de Bolsonaro.

Vale lembrar que há 1 mês, Bolsonaro disse que era “apaixonado” por Romero.

Comentários: