O Ministério Público Federal voltou a recomendar que a Prefeitura de João Pessoa evite o início da imunização em adolescentes sem comorbidades. O órgão pediu que o município siga o Plano Nacional de Imunização.

Há pouco, a gestão municipal recuou ao adiar novamente a vacinação da faixa etária de 12 a 17 anos.

Mais cedo, em entrevistas, o secretário de Saúde Fabio Rocha havia afirmado que a vacinação começaria neste sábado (18/9).

Polêmicas 

Mais cedo, tanto o prefeito Cícero Lucena (PP), quanto o secretário Fabio Rocha fizeram críticas a decisão de Marcelo Queiroga de suspender a imunização em adolescentes.

Cícero chegou a dizer que “não se trata saúde dessa forma”, enquanto Rocha tratou de “imbecilidade” a medida de Queiroga.

Veja: Protocolo passa no teste de Brasil x Argentina em CG, diz PM

Comentários: