O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, engrossou o tom contra a decisão do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em paralisar a vacinação de adolescentes, prevista para ter início na Capital nos próximos dias.

Ao jornalista Luís Torres, da Arapuan, Fábio Rocha taxou de “imbecialidades do poder”. “Podemos vacinar os (adolescentes) com comorbidades e os sadios não?”, questionou Fábio Rocha.

Segundo Queiroga, a decisão foi tomada depois de uma reunião com o presidente da República Jair Bolsonaro.

Como já diria Pazuello: um manda, o outro obedece.

Veja também: 

Cícero critica Queiroga: “Não se trata saúde assim”

 ➧ Queiroga mente, cria desespero e ignora ciência

Comentários: