Por 20 a 7, Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) acaba de aprovar o Projeto de Lei que institui o passaporte da vacinação no estado. O texto agora segue para sanção do governador João Azevêdo (Cidadania).

A princípio o texto estabelecia que os servidores que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19 poderiam ter os salários cortados, uma emenda do deputado Anísio Maia (PT), porém, retirou a punição da lei.

O cidadão que se recusar à imunização poderão ter alguns direitos restritos, sendo proibidos de frequentar bares, restaurantes, casas de shows, boates e congêneres. 

Já leu todas as notas e opiniões do blog hoje? Clique aqui.

Comentários: