O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) informou ao comando do União Brasil, partido que será formado a partir da fusão entre DEM e PSL, que não deseja mais disputar a Presidência da República.

Mandetta é próximo do seu antigo companheiro de governo Bolsonaro, o ex-juiz Sergio Moro, que se filiou recentemente ao Podemos, e pode disputar o cargo presidencial no próximo ano.

Eleições: Por vaga na chapa de João, Efraim diz que não trabalha em apoiar Bolsonaro

Ontem, ao negar que apoiaria uma reeleição de Jair Bolsonaro, o deputado paraibano Efraim Filho, que almeja disputar o Senado na chapa do governador João Azevêdo, afirmou que apoiaria Henrique Mandetta, o que não mais acontecerá.

Comentários: