Barra de São Miguel está em choque. O prefeito da cidade, João Batista (Cidadania), teve a sua casa assaltada agora pouco.

Um grupo de homens armados fez o filho do político refém o amarrando com cordas. Os bandidos levaram uma quantia em dinheiro e fugiram.

João Batista e a esposa não estavam em casa no momento da ação e só chegaram depois. A Polícia foi chamada para iniciar a investigação do caso.

Leia também: 

Vídeo | Auxiliar de Bruno chama imprensa campinense de “medíocre”

Comentários: