O prefeito de Cabedelo, Vítor Hugo (União Brasil), não seguirá a aliança do pré-candidato ao Senado, Efraim Filho, do seu partido, com o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB). Há pouco, Hugo confirmou adesão ao senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) para governador. 

Para chegar ao acordo, Vítor Hugo e Veneziano tiveram que deixar as diferenças do plano nacional de lado. O prefeito apoia a reeleição de Jair Bolsonaro (PL), enquanto Veneziano aposta em Lula (PT) para alavancar sua postulação.

:: Coletiva de Vítor Hugo causa constrangimento em mesa

Além de Veneziano, o prefeito de Cabedelo anunciou apoio a Taciano Diniz (União Brasil) para deputado estadual, Mersinho Lucena (PP) a deputado federal e Efraim Filho (União Brasil) ao Senado. O deputado federal Julian Lemos (União Brasil), amigo pessoal de Hugo, sobrou na curva.

Comentários: