O pastor Daniel Nunes, 57 anos, líder da Assembleia de Deus em Campina Grande, pediu na noite desta sexta-feira (13) desculpas pelos insultos aos fiéis que usam calça, no caso de mulheres, e homens, com cabelo cumprido.

O ungido tachou os fiéis de “lixo” e “trastes” e também criticou outras variantes da Assembleia de Deus, que liberam os irmãos a se vestirem normalmente.

:: Silas Malafaia faz convite a fiéis ofendidos por pastor de Campina Grande

O pastor paraibano pediu também perdão ao pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que havia se manifestado contra os insultos de Daniel aos fiéis. Ele usou citações bíblicas para se denominar falho e pecador.

Comentários: