O prefeito de Imaculada, Luciano Lustosa (PSD), rompeu, nesta quarta-feira (25/05), com o pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB), e declarou adesão ao projeto de reeleição do governador João Azevêdo (PSB). Luciano Lustosa fazia parte dos 27 prefeitos que Cunha Lima contava para concorrer ao governo estadual.

A decisão do gestor municipal foi acompanhada pelo vice-prefeito Ribinha Firmino (PSD), pelos ex-prefeitos Dada Lustosa (PSD) e Ribamar Silva (Republicanos) e pelos vereadores que integram sua base de sustentação na Câmara Municipal.

O anúncio aconteceu após reunião com o chefe do Executivo estadual, ocasião em que também esteve presente a ex-prefeita de Patos e pré-candidata a deputada estadual Francisca Motta (Republicanos). O prefeito Luciano Lustosa destacou que chega à base do governador João Azevêdo com o compromisso de trabalhar para uma grande vitória nas próximas eleições.

“Nós não votávamos no governador, não o acompanhamos nas últimas eleições, mas, dessa vez, vai ser diferente. Vamos estar todos juntos, prefeito, vice-prefeito, ex-prefeitos e vereadores, o que representa o apoio total do grupo e da população”, disse.

O ex-prefeito Dada Lustosa também referendou a decisão de apoiar João Azevêdo no pleito de outubro. “Quem ganha é Imaculada que vai ter futuramente a estrada do distrito de Palmeira e vamos à vitória com a reeleição do governador para que nosso município cresça a cada dia”.

Também manifestaram apoio ao gestor estadual os vereadores Alexandre, Duda, Macarrão, Neguinho Cajueiro, Elisman e Kelson, os suplentes de vereador Pretinho e Edimilson e os ex-vereadores Ivanildo e Vieirinha.

Comentários: