O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba e a Prefeitura de Bananeiras colocaram os pingos nos is sobre o formato da festa de São João no município do Brejo paraibano.

Em audiência nesta segunda-feira (06/06), o Conselheiro do Tribunal de Contas, Oscar Mamede, e o prefeito Matheus Bezerra (MDB), discutiram o modelo público-privado no evento.

Ficou acordado que a Prefeituras de Bananeiras deve assinar, junto à Corte de Contas, um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) para correção de problemas detectados pelo tribunal em uma análise prévia da contratação.

O prefeito Matheus Bezerra destacou que a reunião foi produtiva e serviu para o esclarecimento de pontos importantes.

“Nosso São João é o mais eficiente e um dos mais baratos do estado da Paraíba, basta observar e calcular o valor que vamos pagar pelo patrocínio, pouco mais de 500 mil, dividido pela quantidade de dias de eventos”, assinalou.

“O São João de Bananeiras está mais do que mantido. Vamos fazer o melhor São João das nossas vidas. O impacto financeiro e a geração de emprego e renda que o nosso evento trará são de grande importância para a população bananeirense e da região inteira”, acrescentou.

O São João de Bananeiras tem como organizadora a Medow Promo Serviços de Eventos e Estruturas LTDA, mesma empresa responsável pelo São João de Campina Grande.

O evento terá 30 dias, de 17 de junho a 17 de julho, e entre os nomes confirmados estão Elba Ramalho, Alok e Gusttavo Lima. Também se apresentam os artistas Flávio José, Walkyria Santos, Eliane, Aduilio Mendes, Raniery Gomes, Ramon Schnayder e Fabiano Guimarães.

Comentários: