Apenas um congressista da Paraíba comentou a prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, suspeito de corrupção, por enquanto: Gervásio Maia (PSB), deputado federal. Nas redes sociais, Maia afirmou que Bolsonaro queimou a cara após dizer que colocaria a cara no fogo por Milton Ribeiro, que também é pastor.

Comentários: