(Sony Lacerda) Um guarda municipal de Foz do Iguaçu foi morto na madrugada deste domingo (10), durante sua festa de aniversário de 50 anos com temática do PT. De acordo com a polícia, um homem armado invadiu o evento e ameaçou os convidados.

Marcelo Arruda levou dois disparos de arma de fogo. Mesmo ferido, segundo relatos, ele conseguiu revidar e ferir o outro atirador com um tiro na cabeça. O guarda municipal chegou a ser socorrido mas não resistiu aos ferimentos.

O homem que invadiu a festa é o agente penitenciário federal Jorge José da Rocha Guaranho. Ele teve a morte confirmada pelo Hospital Municipal Padre Germano Lauck. O crime é tratado como de intolerância eleitoral já que o invasor era bolsonarista declarado.

“Nosso companheiro Marcelo Arruda comemorava o seu aniversário de 50 anos com a família e amigos, em paz, em Foz do Iguaçu. Filiado ao Partido dos Trabalhadores, sua festa tinha como tema o PT e a esperança no futuro; com a alegria de um pai que acabou de ter mais uma filha”, escreveu o ex-presidente Lula em postagem no Twitter.

Ele complementou: “Uma pessoa, por intolerância, ameaçou e depois atirou nele, que se defendeu e evitou uma tragédia maior. Duas famílias perderam seus pais. Filhos ficaram órfãos, inclusive os do agressor. Meus sentimentos e solidariedade aos familiares, amigos e companheiros de Marcelo Arruda”.

Comentários: