Virgolino e Pedro Cunha Lima — Foto: Divulgação

O voto do deputado federal e candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB) contra o Projeto de Lei que acaba com a saidinha de preso gerou reação no bolsonarismo. Nas redes sociais, o deputado estadual Walber Virgolino (PL) atacou o tucano pelo seu posicionamento na Câmara Federal. “E num é que Pedrinho votou em mais um Projeto de Lei de viés socialista (comunista): o projeto que acaba com a possibilidade de saída temporária de presos, conhecida popularmente como “saidinha””, escreveu Virgolino, acrescentando com um “Acorda, Pedrinho”, hit musical que fez sucesso na internet. Aliado do pré-candidato ao governo, Nilvan Ferreira (PL), Virgolino ainda afirmou que “por um minuto eu pensei que se tratasse de Luiz Couto”.

Comentários: